Courtney Love e Frances Bean conseguem proibir divulgação das fotos da morte de Kurt Cobain

Jornalista ameaçava mostrar as imagens para tentar provar que o vocalista foi assassinado

Há 1 semana, da Redação

Courtney Love e Frances Bean venceram a batalha judicial contra o jornalista Richard Lee, que ameaçava divulgar as fotos da morte de Kurt Cobain, na intenção de provar que o líder do Nirvana teria sido assassinado, e não cometido suicídio.

Lee, que chegou a ter um programa de TV sobre o assunto, pesquisa a morte do vocalista há 23 anos e entrou com um processo para obter as 55 fotos do caso, mas terminou sendo descrito pelos tribunais como "um teórico da conspiração que acredita que o Sr. Cobain foi assassinado".

Com essa decisão, as imagens feitas pela polícia de Seattle, no local onde o músico morreu, em abril de 1994, ficam seladas pela justiça, impedindo o acesso ao público. De acordo com o tribunal, a divulgação do material “infringe a 14ª Emenda, que protege os direitos da familia Cobain”.

Acompanhe mais notícias sobre o mundo da música no Vagalume.

versão clássica © Vagalume Mídia Ltda